Contos

Crônica de um escritor preguiçoso

Tudo indicava que hoje era meu dia. Mas algo no caminho mudou os planos.

Acordei sentindo algo especial. Olhei pela janela e pensei: “Farei tudo aquilo que não fiz ontem. Vou me dedicar 100% em minhas tarefas profissionais…”.

Caminhando rumo a mais um dia de trabalho olhei em volta e recebi a inspiração: hoje eu começo um best seller. Nada poderá me deter. Hoje é meu dia.

Finalmente cheguei em minha mesa de trabalho. Sentei, liguei o computador e um ligeiro entusiasmo tomou conta de mim, realmente parece que tudo ia mudar e finalmente eu ia criar algo primoroso, como sempre planejei. Havia muito tempo desde quando eu comecei a sonhar com o dia que finalmente as minhas criações dariam frutos, mas nada saia da cabeça, nenhuma ideia. O tempo todo eu gastei procrastinando, olhando coisas desinteressantes e quando eu via, já eram 18hs e a casa me aguardava. Eram dias perdidos em meio a divertidos outros assuntos e nenhuma produção, mas… hoje não. Hoje eu vou me dedicar.

Finalmente o computador ligou, e subiu a janela: “Você tem 14 e-mails”. Olho um, olho dois…. olhei todos. Não reparei, mas o terceiro me mandou para a um artigo no Facebook, onde um amigo me mandou algo que só daria para ver lá… “ok, nada que cinco minutos não resolvam. Apenas cinco minutos! Nada além disso!”. De repente vi que não era demais, mas outro amigo postou fotos de quando éramos mais jovens, olhei uma por uma… que saudades! Comentei uma meia dúzia dessas fotos. Nesse meio tempo, abri meu Twitter, aproveitaria esse meio tempo para checar as atualizações. Quem sabe não tenha nada novo de ontem pra hoje que eu ainda não vi? “só vou olhar um pouco e vou embora. Hoje é meu dia!”.

Tinham apenas duas ou três notificações de bom dia e nada mais, respondi e voltei comentar as fotos do meu velho amigo. Mas espera…esse amigo também joga Candy Crush!! Caramba! E eu precisando tanto de amigos para ganhar pontos no jogo, vou adicionar ele… e aproveito pra fazer algumas coisinhas para pontuar, é rapidinho mesmo. Me adianto agora e a noite jogo de verdade.

A curiosidade me cutuca: volto a olhar se no Twitter tem algo novo, alguém mencionou uma frase minha de ontem, legal…vou interagir. Mas espera, tá rolando uma brincadeira legal, de postar frases divertidas… Ah, mas esse cara postou uma muito sem graça, eu consigo melhor….vamos ver….deixe-me pensar…. er… Ahá! Lá vai… agora é só esperar a repercussão!

Enquanto isso terminarei de mexer no meu joguinho, esqueci aberto… falta pouco.

“Olá!” — Sobe a janelinha do mensageiro da menina que eu estou afim… Puxa, hoje é realmente meu dia! Vou escrever meu best seller e ela ainda puxou papo comigo.

Mas antes de responder, deixa eu ver… Oba! 20 pessoas compartilharam minha frase, eu sabia! Vou bolar outra. Agora sim. Quero ver só! Enquanto isso vou bater um papo com a gatinha e quem sabe meu dia não seja realmente perfeito. Mas… eu não estou ouvindo música, não consigo me concentrar no trabalho sem música, espere… vou achar um CD bem legal aqui no computador pra ouvir. Abro o Spotify e fico procurando a playlist perfeita.

Que droga, não acho aquela música especial. Vou tentar outra, não é possível que eu não consiga criar o clima perfeito para escrever.

E será que rendeu mais compartilhamentos a minha última frase? Deixe me ver… hum… opa! 50 novos compartilhamentos! Hoje eu consigo sucesso. Mais duas pessoas me seguindo… se continuar assim vou longe. Quero só ver a cara deles quando eu tiver meu best seller pronto.

Achei a playlist que eu queria. Mas essa não está boa o bastante, peraí, vou criar uma minha com músicas parecidas. É rápido. Putz, quase esqueci de responder a moça; vou falar com a minha amiga antes de terminar a playlist, hoje nada pode me atrapalhar. Estou a toda! E papo vai papo vem… minha nossa, já são uma e meia da tarde… bom, agora é sério. Vou almoçar e na volta começo meu best seller. E aqueles relatórios chatos que tenho que fazer todos os dias… mas isso é rápido, mato em 10 minutos. Depois do almoço em menos de uma hora, fico tranquilo e começo a escrever.

Bom, de volta ao trabalho… depois do almoço dá uma preguiça não é? Mas hoje não, hoje é o inicio da história sendo feita. É o primeiro dia da história que sairei do anonimato para me tornar uma celebridade da escrita. Agora é estralar os dedos e ir para a batalha.

Mas a minha playlist ficou boa demais. Tem uma versão ao vivo dessa banda que eu adoro. Será que tem vídeo disso? Vou procurar… Legal! São vários vídeos! Assisto um… assisto outro… e vejam só, tem até um que é sátira. Que divertido! Caramba! Relacionado a esse está um vídeo muito engraçado que um amigo comentou comigo outro dia, deixe me ver… Muito bom!

“Você tem 4 novas mensagens” — Melhor conferir né? Não podemos deixar nada pra tarde né? Hoje em dia é imprescindível que as coisas sejam resolvidas de imediato. Ah, comentaram as fotos do meu amigo, deixe me ver… Nossa! Quanto tempo eu não via esse cara! Olha só, casou… tá gordo… vou adicioná-lo.

Bom, agora vou ao banheiro e quando eu voltar, finalmente vou matar todo meu serviço e vou começar a escrever minha obra-prima.

E por que não dar uma parada na sala do cafezinho? Pego um e volto pra minha mesa. Mas pra minha surpresa, lá está um antigo colega de setor que foi promovido. Cara bacana. Sempre que eu olhava pra ele estava vendo alguma coisa legal da internet, mas sempre conseguia entregar o trabalho em dia. Eu preciso aprender ser como ele, isso sim.

Bom, o cara ainda por cima tem bom papo e meia hora depois eu volto com meu café para a mesa: chegou o grande momento. Lá vamos nós… Abrir a planilha e entregar esse relatório em tempo recorde. Meu best seller me espera. Mas como demora para abrir essa planilha, preciso falar com o rapaz da informática, é muita lerdeza. Vou aproveitar e checar o Twitter.

Minha frase foi sucesso. Como assim? Tem alguém me xingando. Isso não pode ficar assim! Vou rebater agora. E inicio assim pelo Twitter uma discussão de uma tarde toda. E olha só quem finalmente está ali embaixo aberta: a planilha. Espere, me deixe atualizar os dados. Quase tudo pronto, agora mais cinco minutinhos eu termino.

“Você tem nova mensagem”.

Meu amigo antigo que eu adicionei agora pouco tempo me aceitou! Show! Vou puxar papo com ele… rendeu um bom papo, quanta coisa que vivemos na época da escola. Cara legal.

E então eu dou uma olhadinha para o meu relógio: 17h53. Cara! Preciso acabar esse relatório agora mesmo.

Como previsto, era coisa simples e 18h25 lá estou eu salvando ele finalizado e encaminho para meu chefe. Bom, não foi hoje, mas eu vou começar meu texto ainda essa semana… A ideia não falta, só falta começar e depois eu tenho certeza que deslancha.

Mas amanhã eu começo… é como tenho dito há um mês. Ou mais? Enfim, de amanhã não passa…

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: