Essa maquete da vila do “Chaves” está perfeita e dá vontade de morar nela

Quem cresceu assistindo “Chaves” na televisão, pelo menos uma vez na vida já se imaginou pulando amarelinha no pátio da vila, ou brincando de barquinhos de papel na fonte da outra vila.

O que o Raul fez foi muito mais além, ele pegou todo seu amor pelo seriado mexicano e resolveu reconstruir a vila em uma maquete.

Nessa foto aqui a gente pode ver que até mesmo a Brasília amarela do Sr. Barriga foi colocada na porta.

Será que fechando a porta de um lado a outra do lado oposto se abre igual fizeram o Quico e o Chavinho?

Ele não economizou nos detalhes e por essa imagem aqui dá pra ver até os defeitos da parede que o Quico costuma chorar:

Reprodução / Instagram

Além de reconstruir o pátio, ele também fez a casa do Sr. Madruga e da Chiquinha, com direito a aquela televisão que é destruída no episódio do jogo de futebol.

Reprodução / Instagram

O outro pátio da vila também não foi esquecido e na imagem que ele publicou dá pra ver que tem até mesmo o tanque de “leite de burra”.

Reprodução / Instagram

É demais ver que também foi montado o palco do Festival da Boa Vizinhança e os móveis da casa do Sr. Madruga juntos com o da “casinha” que o Quico monta em outro episódio.

Reprodução / Facebook

Um longo trabalho que traz um resultado incrível.

Reprodução / Facebook

Com essa maquete é possível até mesmo criar episódios que nunca existiram, como o atropelamento do Madruguinha. (misturando o carro do Sr. Barriga com o Sr. Madruga esmagado pelo próprio dono da vila).

Reprodução / Facebook

Até mesmo as plantinhas dos vasos que enfeitam a vila foram recriadas com detalhes.

Reprodução / Facebook

Será que alguma delas é o vasinho de ‘chirrimóia’?

Aqui tem um vídeo completo publicado pelo autor dessa maquete, onde ele faz um tour pra mostrar os detalhes:

Mas não é a primeira vez em que ele remonta a vizinhança do Chaves. O Raul já tinha feito isso como cenário para partidas de “Counter Stryke”:

Reprodução / Facebook
Reprodução / Facebook

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.