Qual é a música mais chata que existe?

Dia desses fiz em meu perfil pessoal do Twitter a seguinte pesquisa:

De acordo com os resultados dessa postagem, que surpreendentemente engajou bastante e mostrou que as pessoas tem opiniões bem fortes sobre músicas que são consideradas chatas, eu levanto agora um TOP 10 com as músicas mais chatas que existem na música brasileira atualmente.

Entre as citadas, vale destacar que muita gente diz não gostar de Oasis, Los Hermanos e Capital Inicial. Assim como teve muita gente que meteu o pau em “Happy”, do Pharrell Willians, “Baby Shark” e em músicas (veja só você) dos Beatles.

A lista com as dez mais mencionadas só mostra que musiquinha good vibes, com mensagens positivas e letras fofinhas podem até ser bacanas, mas acabam virando chatas com o tempo.

Vamos ao TOP 10 de acordo com a opinião da galera:

10 – Homem Aranha – Jorge Vercilo

Eu particularmente acho vacilo (sem trocadilho com Vercilo) ela ter sido mencionada o bastante para esse top 10. É uma música com uma crítica social pra lá de sofisticada, mostrando o lado humano de um super-herói. Porém, acho que o fato de ter mexido com um personagem tão popular quanto o Homem Aranha, feito por um artista que já tem um pouco da antipatia de parte do público, como é o Jorge Vercilo, faz com que a combinação desses dois elementos seja considerado ultrajante por muita gente.

09 – Melim – Ouvi Dizer

Em minha opinião pessoal essa é a música mais insuportável que existe. Mas ela não foi tão lembrada assim. Ela é bonitinha, cheia de frases fofinhas que podem moldar qualquer começo de namoro e tudo mais. O grande problema é que basta ouvir uma vez a música para que frases soltas dela passem o dia inteiro atormentando a cabeça e mesmo que você não goste, cantarolar trechos dela. Inclusive ao escrever sobre ela, já estou com o “pa pa pa pa pa para pa” na cabeça e com profundo ódio disso desde já.

08 – Atitude 67 – Cerveja de Garrafa

Honestamente eu não tinha ouvido essa música até o dia em que mencionaram ela como a música mais chata que existe. Até que fui ouvir e dei razão às várias pessoas que mencionaram. É difícil dizer o que é o mais chato da música, talvez o refrão gritado dizendo que a moça gosta de cerveja de garrafa e que por isso ela é mais “raiz” do que qualquer outra. Em pleno 2019. Mas enfim…

07 – Tiago Iorc – Eu Amei Te Ver

Eu não sou muito fã da obra “Djavan da nova geração” que é o Tiago Iorc, mas é preciso admitir que existe qualidade no que ele faz. No entanto, essa música é bastante complicada de defender. Especialmente pelo fato dele gritar 800 vezes que amou ver a pessoa que é homenageada. Se você já ouviu a música pelo menos uma vez, sabe que conforme o refrão vai chegando e a melodia vai crescendo, cresce junto a agonia de saber que em breve chegará o “EU AMEI TE VER (x800)” que parece nunca ter fim.

06 – Ana Carolina feat Seu Jorge – É isso aí

Me surpreendeu ver essa música TÃO citada como uma das mais chatas que existem. Até porque, ela tá aí (rs) há bastante tempo, uma vez que foi lançada em 2005 e realmente, foi tocada à exaustão. Ela sofre do mesmo mal de outras dessa lista, quando Ana Carolina explode em gritos de “Eu não sei paraaaaaar de te olhaaaaar”. Gruda na cabeça como poucas.

05 – Kell Smith – Era Uma Vez

Se você colocar ao mesmo tempo essa música, Trem Bala (sim, ela vai aparecer na lista) e alguma da dupla AnaVitória, você não consegue dizer qual é qual. Pouquíssima gente se lembra da letra inteira, porque provavelmente aperte “próxima” logo que a moça canta “Era uma veeeeez” com a voz bem vibrante e característica que ela tem. Outro ponto que irrita muita gente é a reflexão de que um joelho ralado dói bem menos do que um coração partido.

04 – A Banda Mais Bonita da Cidade – Oração

Em 2011 a música estourou na internet muito rápido. Com uma letra fofinha e um clipe bem interessante, virou meme e se alastrou por aí, sendo tocada em casamentos, formaturas, baile de debutante e muito lembrada ainda em 2019. O que talvez seja o mais chato dessa música é o fato dela repetir trechos inteiros cerca de 400 vezes, fato é que você ouvindo ela, automaticamente vai passar o resto do dia cantarolando mentalmente e isso é o que vai te fazer pegar o ranço da música. E até hoje tem gente tentando entender qual é a pira da penteadeira.

03 – Jota Quest em geral

Foi até difícil dizer qual música da banda mineira incomoda mais as pessoas. Como o Jota Quest foi citado por terem várias músicas diferentes, nessa votação eles acabaram recebendo medalha de bronze pelo conjunto da obra. Pode ser um pouco de pegação no pé com um conjunto que tem obras memoráveis como “Fácil”, “Além do Horizonte”, “Só Hoje”, “Na Moral” e muito mais.

02 – Ana Vilela – Trem Bala

Eu pessoalmente acredito que o fator determinante para a antipatia das pessoas com a música é o simples fato de ela ter TOCADO DEMAIS. Não é uma música de todo ruim. Ela tem uma mensagem bonita, uma levada gostosinha e a voz da Ana Vilela é ótima de ouvir por horas. O grande problema é que desde que ela viralizou na internet, tocou até mesmo quando você abria a torneira. Daí o grande ranço ao ouvir a frase “Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si…”

01 – Vitor Kley – O Sol

Na mesma linha da Kell Smith, da Ana Vilela e do grupo Melim, o Vitor Kley tem recebido aceitação e ranço na mesma proporção por ser good vibes demais. É mole?
A música não é ruim, pelo contrário, é bem boa. Não é por um acaso que muita criança adora cantar o maior sucesso do Vitor. O maior problema é ver o rapaz tipicamente classe média alta carioca cantando sobre coisas simples da vida e aplaudindo o sol.

O grande “ódio” que as pessoas sentem por esse tipo de música na MPB atual é justamente porque ninguém anda aguentando ser feliz e bonzinho demais ultimamente.

Se você tiver coragem, pode ouvir a playlist completa aqui:

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.