Crônica – O mal do brasileiro é só valorizar seus ídolos tarde demais?

Eu acho verdadeiramente curioso como em 2019/2020 o Belchior passou a ser aclamado e idolatrado por boa parte da internet progressista. Pena que foi tarde. O cara passou um perrengue danado em vida quando ninguém dava a mínima pra ele.

A obra dele tava aí o tempo todo. Ele também. A década de 1990 pra ele foi lastimável. Os shows minguaram, as aparições na TV também. Virar para os anos 2000 ficaram marcados pelo momento em que ele simplesmente largou tudo e sumiu. Desapareceu. Fruto de muitas dívidas e problemas. (vale a leitura deste artigo da Época, com o perdão do trocadilho, escrito na época). O que faltou para a fama de hoje ter sido mais ou menos a mesma tempos atrás? O que faltou pra galera falar que sempre curtiu o trabalho dele quando ele tava na merda? O que faltou pra ele poder ter uma vida tranquila como artista?

Em 2009 o cantor era motivo de piada em programas humorísticos quando deram ele por desaparecido.

Depois de dois anos afastado da mídia, ele foi “encontrado” pelo Fantástico, em 2009

Eu lembro vagamente do Belchior figurar em quase todas as listas e playlists de “brega” durante muitos anos. Talvez se devendo ao fato do seu visual curioso, com um bigodão de pistoleiro de filme de faroeste e seu jeito anasalado e peculiar de cantar. Nunca foi aclamado como “puta artista”, embora fosse um dos compositores mais talentosos que já tivemos.

Um dos muitos ‘memes’ que já circularam por aí com o cantor e compositor ao longo dos anos.

Hoje as músicas dele são tocadas, retocadas, cultuadas e o jovem cabeludo indie usa camisetas com seu rosto. Algo inimaginável nos anos 1990. Espero que esteja onde ele estiver que finalmente tenha encontrado a paz.

Pouco antes do seu falecimento, Belchior seria homenageado com o lançamento do bloco “Volta, Belchior”, de BH.

Bloco Volta Belchior arrasta 50 mil pessoas no Carnaval de BH – Foto: Liliane Pelegrini/Divulgação Belotur – Blog do Arcanjo – UOL

E mais recentemente ganhou uma homenagem ao ter uma de suas músicas sampleadas pelo rapper Emicida.

Um comentário

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.