7 filmes essenciais da carreira de Zé do Caixão

Faleceu na tarde desta quarta-feira (19) que José Mojica Marins, o Zé do Caixão, faleceu em São Paulo.

O cineasta faleceu depois de uma broncopneumonia. Deixa um extenso trabalho e uma carreira brilhante. Ficou consagrado por seu personagem Zé do Caixão, que interpretava desde 1964, característico pela barba e as enormes unhas. Um dos maiores nomes do terror mundial, alcançou o mundo nos anos 1990, com seu trabalho sendo lançado nos EUA e Europa com o nome de Coffin Joe, tendo seu trabalho elogiado por grandes cineastas do gênero, como Roman Polanski.

Relembre alguns filmes que marcam a extensa carreira de José Mojica:

01 – Á Meia Noite Levarei Sua Alma – 1963

O mais famoso e mais premiado filme de Zé do Caixão. Muito cultuado pelos fãs do gênero, venceu Prêmio Especial no Festival Internacional de Cine Fantástico y de Terror Sitges (Espanha), em 1973; Prêmio L’Ecran Fantastique para originalidade, em 1974 e Prêmio Tiers Monde da imprensa mundial, na III Convention du Cinéma Fantastique (França), em 1974. Você pode assistir o filme completo no YouTube.

02 – Esta noite encarnarei no teu cadáver – 1966

Na sequência do grande sucesso de “À Meia Noite Levarei Sua Alma”, mostra Zé do Caixão na busca obsessiva pela mulher ideal, capaz de gerar o filho perfeito. Ele rapta seis jovens e as submete as mais terríveis torturas, mas comete um crime imperdoável ao assassinar uma moça grávida. Atormentado pela culpa de ter matado uma criança inocente, sofre um pesadelo no qual é levado para o inferno. Em seu segundo filme, Zé do Caixão cresce em crueldade e seus crimes tornam-se mais sádicos. Centenas de aranhas peçonhentas passeiam pelos corpos macios de donzelas vestidas só com baby-doll, e sua ruindade não cessa nem mesmo quando uma delas é estrangulada por uma serpente. Praticando seu cinema anarquista. José Mojica Marins desrespeita regras burras e autoridades corruptas. O seu mundo é estranho, regido por leis próprias, acima do Bem e do Mal. Dá para ver ele completo no YouTube também.

03 – Delírios de Um Anormal – 1977

Feito com bem poucos recursos mas muita criatividade, o filme mostra a história de um psiquiatra que é aterrorizado por pesadelos nos quais Zé do Caixão tenta roubar sua esposa, escolhendo-a como aquela que irá gerar seu filho perfeito. Desorientados, seus colegas médicos decidem buscar ajuda com o cineasta José Mojica Marins, que tenta fazer o psiquiatra compreender que Zé do Caixão não passa de uma simples criação de sua mente.

O destaque desse filme é pelo peso das cenas, uma vez que Mojica sofreu por anos com a perseguição pela Censura Federal da Ditadura Militar. Neste filme ele decidiu compilar as cenas mais chocantes de seus melhores filmes, para narrar esta história alucinante, através dos “restos dos meus próprios restos” – nas palavras dele. Veja um trecho aqui.

04 – O Estranho Mundo de Zé Do Caixão – 1967

É um compilado de três curtas metragens de terror: “O Fabricante de Bonecas”, “Tara” e “Ideologia”. Embora tenha o nome do personagem no título, não tem a presença dele em nenhum dos filmes.

05 – Ritual dos Sádicos (O Despertar da Besta) – 1969

Mais um filme bastante premiado, deu a José Mojica o prêmio de Melhor ator e o prêmio de Melhor Roteiro para Rubens Lucchetti, no Rio-Cine Festival, em 1986. O filme conta a história de um psiquiatra que injeta doses de LSD em quatro voluntários para estudar os efeitos provocados pela macabra imagem de Zé do Caixão. O resultado combina perversão e sadismo em diferentes delírios, que são retratados no filme. Assista aqui essa belíssima obra completa.

06 – Exorcismo Negro – 1977

Um roteirista de cinema vai passar o fim de semana na casa de campo de um amigo sem saber que toda a família está possuída por demônios que querem matá-lo. Neste filme vemos José Mojica enfrentando seu alter-ego Zé Do Caixão. Assista ele completo aqui.

07 – Encarnação do demônio – 2008

Um dos últimos filmes dele, marcou a volta de José Mojica ao cinema depois de quase uma década e fez valer a espera. É o filme mais premiado da carreira de Zé do Caixão, vencendo prêmios de melhor filme, melhor direção, melhor ator, melhor direção de arte e muitos outros em diversos festivais de cinema do Brasil e do mundo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s