Como seria um mundo Pokémon inspirado no Brasil

Quem conhece Pokémon, tanto nos jogos quanto nos animes, sabe que as aventuras se passam em várias regiões distintas do fictício mundo onde vivem os monstrinhos. As mais famosas são Kanto, Johto e Hoenn, todas inspiradas em lugares reais do Japão.

E como ficariam se essas regiões fossem em outros lugares do mundo? No projeto United Regions, o ilustrador brasileiro Diego Guilherme imaginou como seria esse universo em um mundo bem brasileiro, chamado “Brasar”.

Segundo ele, este mundo têm um clima predominantemente tropical e mais quente do que outras regiões já conhecidas. Só em Chimarra City, que se inspira no sul do país, há um clima frio e com neve. No norte de ‘Brasar’ os viajantes podem passar pela Amazoon Forest e no nordeste da região há um clima árido e praias paradisíacas.

Com tantos lugares diferentes entre si, muitos Pokémon bem originais se criariam, não é?

Veja aqui alguns dos Pokémon de ‘Brasar’:

#004 – Flaguar

#017 – Alarala

#086- Tamanduice

#067- Kapoehnaue

#128- Monkick

#036- Dolphink

#014- Murizika

Você também pode seguir o perfil do projeto de Diego e ir acompanhando os novos Pokémon sempre que são criados, como o FEIPIG:

Ou a lendária Caiflora:

As criações do artista não ficam apenas nos animais, ele também cria líderes de ginásios de toda a região de Brasar:

E as respectivas insigneas que os treinadores ganham ao derrotarem um deles:

Entre na página do DevianArt dele e veja mais elementos criados para esse projeto incrível que já esperamos se tornar realidade em Pokémon.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.