14 formas de ajudar as pessoas durante a pandemia do coronavírus

Muita gente está angustiada de ficar em quarentena, sem ter o que fazer e acompanhando notícias perturbadoras que surgem todo o tempo sobre a pandemia do Covid-19. Sabemos diariamente de casos de pessoas que estão sendo afetadas economicamente por conta dessa crise global e a cada dia que passa mais pessoas precisam da solidariedade daqueles que podem colaborar. Veja aqui algumas formas de como você pode fazer o bem a várias pessoas durante esse período:

01 – Vá doar sangue. Vários hemocentros de todo o Brasil estão precisando urgentemente de doação de sangue.

Imagem: iStock / UOL

Muitos hemocentros por todo o Brasil estão precisando MUITO de doações de sangue. Com o isolamento social, muitas pessoas deixaram de ir doar e os estoques que já eram baixos, ficaram em situações críticas. Apesar das recomendações para as pessoas evitarem sair de casa, os hemocentros garantem que a doação é feita em locais seguros e preparados.

Consulte aqui neste link, onde você pode fazer a sua doação.

02 – Colabore com a Gerando Falcões, que está com a campanha “Corona no Paredão” para arrecadar cestas básicas digitais para comunidades carentes.

A Gerando Falcões se uniu a várias ONGs conveniadas para enviar cestas básicas digitais para eles distribuírem as famílias mais vulneráveis de comunidades de vários lugares do Brasil.

A ideia deles é levar cartões que possam ser usados como alimentação e refeição para as pessoas montarem as suas cestas de necessidades básicas. Dessa forma, muitas dessas pessoas podem manter o isolamento social, achatar a curva de disseminação do vírus e garantir a alimentação e higiene de suas famílias nos próximos 3 meses.

Com esse apoio, essas famílias não precisarão sair no desespero para conseguir dinheiro e, possivelmente, se contaminar trazendo o vírus para as comunidades mais carentes. A iniciativa foi apoiada por grandes figuras públicas, como o narrador Galvão Bueno. Conheça o site do projeto e colabore aqui.

03 – Inscreva-se e participe da plataforma “Vizinho do Bem” e ajude pessoas do grupo de risco a não saírem de casa.

O Vizinho do Bem foi criado para conectar pessoas que estejam dispostas a ajudar outras pessoas em situação de maior risco de exposição ao COVID-19. Seja, por exemplo, comprando produtos em supermercados e farmácias, ou apenas resolvendo coisas mais simples como levar o cachorro para passear. Veja como participar aqui.

04 – Seja um colaborador do Projeto Higia, que está fazendo máscaras para profissionais da saúde em impressoras 3D.

O nome vem da mitologia grega, e Hígia era a deusa da saúde, limpeza e da sanidade, que exercia um importante papel no culto de seu pai, Esculápio. Enquanto o pai era mais associado diretamente com a cura de doenças, ela era associada com a prevenção dos males e continuação da boa saúde.

O projeto é a iniciativa de um grupo voluntários, voltado para a produção de uma proteção individual por meio de impressoras 3D (três dimensões), que deverá ser utilizada por médicos, dentistas e outros profissionais da área da saúde pública envolvidos com o atendimento às pessoas suspeitas de terem sido infectadas, ou comprovadamente portadoras do novo coronavírus, vítimas da Covid-19. Conheça o projeto e faça sua colaboração.

05 – O pessoal do “Pimp My Carroça”, está arrecadando fundos para ajudar os catadores de materiais recicláveis nas ruas:

06 – O Médico Sem Fronteiras está com uma campanha global para arrecadar fundos para compra de materiais hospitalares.

O projeto que atua em áreas de risco em todo o planeta, ampliou sua atuação para ajudar no combate à COVID-19 em países como Itália, Espanha, França, Grécia, Síria e Afeganistão, entre outros. Além disso, eles também possuem equipes prontas para apoiar a resposta de emergência em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Boa Vista.

Por isso criaram essa campanha extraordinária e com esse
Fundo de Emergência Coronavírus estão tentando adquirir itens como termômetros eletrônicos, tubos nasais para oxigenação de adultos e máscaras descartáveis.

07 – A Cruz Vermelha está arrecadando recursos para ajudar pessoas afetadas pelo coronavírus em zonas de guerra.

08 – Participe do grupo “EMPREGO E IDEIAS PARA SUPERAR A CRISE” no Facebook.

O grupo foi criado para ajudar pessoas que tem pequenos negócios e precisam sobreviver a esse momento de crise.

A ideia dos criadores, é colocar o maior número possível de pessoas conectadas que possam ajudar com dicas, vagas e até mesmo algum tipo de auxílio aos que necessitam muito.

09 – Dê preferência por comprar em comércios pequenos de seu bairro.


Da mesma forma, estabelecimentos pequenos estão sofrendo para se manterem abertos e precisam de ajuda. Se possível, faça compras em comércios próximos de sua casa e ajude a mantê-los abertos durante o período de isolamento social.

10 – A Casa 1, centro de cultura e acolhimento LGBTQI+, está recebendo alimentos e produtos de higiene pessoal.

11 – Indique profissionais e lugares que estão oferecendo tratamento psicológico gratuito.

Muitos profissionais da psicologia por todo o país estão oferecendo consultas e atendimentos gratuitos de forma remota para quem precisa conversar, desabafar, se acalmar ou ouvir uma palavra de consolo em meio a tantas notícias ruins que nos impactam de hora em hora. Se você precisa de algum aconselhamento, busque por esses profissionais (também pode ser de lugares com o CVV, da imagem) ou indique para os amigos sempre que possível.

12 – Ajude os entregadores de serviço como Rappi, iFood e Uber Eats.

13 – O site seguraaonda.com.br é um guia com outras iniciativas de vários tipos para você ver como ajudar ainda mais.

A ideia da plataforma é criar uma rede de apoio nas mais diversas áreas. Basta entrar lá e acessar cada um dos tópicos criados pelos usuários. A troca de informações, ideias e iniciativas é o principal objetivo desse site e por lá você pode descobrir como se aprofundar na colaboração com as comunidades que desejar.


Você também pode consultar essa matéria feita pelo UOL com outras iniciativas por todo o Brasil que visam arrecadar fundos e material para doação.

14 – E principalmente: se você puder, fique em casa.

Foto por Andrew Neel em Pexels.com

Sabemos bem que muita gente precisa estar na rua nesse momento, seja trabalhando, seja cuidando de alguém ou quem sabe fazendo compras para sua casa. Mas é importante reforçar a necessidade de estar em casa o máximo de tempo possível, até que a curva de contágio se achate para um nível aceitável onde os hospitais consigam dar mínimas condições de cuidado a todos os pacientes. Ajude a salvar a sua própria vida e outras vidas fazendo esse pequeno esforço nos próximos dias. O mundo todo agradece.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.