A fase chef de cozinha do Galvão Bueno foi uma das coisas boas que surgiram durante a quarentena

Quem acompanha a televisão brasileira nas últimas décadas já se acostumou ao ouvir a voz de Galvão Bueno narrando momentos inesquecíveis do esporte brasileiro, narrações épicas de grandes conquistas e inventando bordões que marcam a vida de muita gente.

Recentemente o locutor e apresentador completou 70 anos de idade e foi bastante homenageado por sua extensa carreira. E uma das coisas mais legais da carreira de Galvão foi quando ele passou a trazer para a internet um lado bem diferente do que nos habituamos a ver na TV e um pouco graças a pandemia do novo Coronavírus, pudemos ver um Galvão na intimidade fazendo algo que todo mundo adora. Cozinhar! E olha, é a melhor coisa para se ver no Instagram.

Começou de forma meio tímida, mostrando seus dotes ao preparar um churrasquinho para ele e a esposa num final de semana:

Com o tempo ele foi tomando gosto pela coisa e passou a nos brindar (sem trocadilhos com o vinho) com outros vídeos de churrasco, mostrando ter uma certa intimidade com a arte.

Você já imaginou ter o Galvão narrando seu churrasco? Aqui dá pra ter uma ideia:

E não parou por aí. Ele mostrou que é fera na culinária e fez uma receita de arroz carreteiro bem típico do Rio Grande do Sul:

“Olha o que ele fez, olha o que ele fez, olha o que ele fez”.

Pra virar uma “Ana Maria Braga”, só está faltando o Galvão ter um Louro do lado, se liga nessa receita completa de filé ao molho mostarda que ele mandou esses dias.

Não contente em fazer bons pratos, ele foi lá e mandou ver um drink.

Pra mostrar que além de saber fazer, ainda tem repertório, ele voltou para o churrasco, mas com um corte bem especial:

Além de cozinhar com suas próprias mãozinhas, ele também surge mostrando que manja demais de harmonização de vinhos com qualquer comida. Desde uma simples pizza…

Até um refinadíssimo Jamón Pata Negra.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.